segunda-feira, 27 de junho de 2011

COBIJA, A CIDADEZITA PANDO, BOLÍVIA!

          A pequena cidade do interior da Bolívia  nos finais de semana e nos feriados ferve de turistas brasileiros em compras. É o dinheiro brasileiro ficando em terras bolivianas.

brasileiro fazendo compras em Cobija
         Cobija, uma cidadezinha interiorana divisa com Brasiléia, município do Estado do Acre. É para lá que vão muitos acrianos  sempre que tem uns dias de folga. Neste feriadão, estive por lá!  As lojas oferecem um pouco de tudo, porém o que mais é procurado mesmo pelos brasileiros,  são os produtos eletrônicos: máquinas fotográficas, computadores, gravadores, etc. Tudo pode ser comprado a um preço bem acessível. Cada turista pode comprar aproximadamente 600,00 dólares. Depois é só passar na alfândega, declarar o que comprou. Para retornar ao Brasil  atravessa-se apenas uma pequena  ponte. Esse comércio boliviano  fomenta o comércio acriano pois há troca de produtos e de moeda, o peso boliviano. Porém,  você deve conferir muito bem os produtos. Verificar se estão com as baterias ou outros acessórios, se funcionam, se não estão com defeitos, pois  trocas ou substituições, nem sempre são possíveis de fazer!


Brasileiras comprando em Cobija

      Os bolivianos de Cobija,  de cultura completamente diferente da nossa, sobrevivem do comércio local. É interessante perceber a  cultura contrária ao Brasil, às vezes até nos deixa confusos e perplexos. Lá é proibido o uso do capacete para os motociclistas.  É muito interessante ver uma família inteira perambulando de motocicleta tranquilamente  no centro da cidadezita. Atravessando a ponte,  deve ser  colocado o capacete então, porque já é Brasil. Que coisa, não!


Motociclistas nas ruas de  Cobija, sem o capacete!















        O clima quente, no entanto as mulheres se vestem com saias compridas,  coloridas e com muitos franzidos. Seus cabelos negros e  longos são penteados em duas tranças. Rostos  arredondados, faces morenas e sérias. Quase não esboçam nenhum sorriso! Contrastando com as brasileiras sempre muito sorridentes!

Mulher boliviana e suas tranças

        Alimentação,  paladar completamente outro!  Por isso atravessamos na hora do almoço para Brasiléia (Acre), que tem uma feijoada maravilhosa!  Mas o suco de laranja boliviano, feito da fruta e na hora pelos vendedores  nas ruas,  esse  quase  todo mundo gosta. Hidrata e suavisa o calor enquanto fazemos nossas andanças. Brasiléia - Cobija - Brasiléia!  Há quem no sábado,  curta a música boliviana, o ritmo quente e dançante do mambo,  nos bares da pequena cidade. Muitos voltam para Rio Branco só  no domingo. Sem contar os muitos brasileiros que moram por lá, para estudar Medicina.

Rua e prédio de Cobija

         No mais,  só conhecendo mesmo para ter uma idéia do contraste econômico e  cultural, por isso mesmo muito interessante.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

PARA RIRMOS JUNTOS...

         Hoje resolvi escrever um texto suave. Para rir um pouco... rir das coisas da vida. É meus amigos,  temos que parar de vez em quando e rir da nossa própria vida!... Melhor rir...  do que chorar! É melhor nós mesmos rirmos dos nossos problemas, do que os outros riam de nós!...

         Num encontro de formação de coordenadores (que dura o dia todo) na hora do intervalo, encontrei alguns amigos. E papo vai,  papo vem,  estávamos comentando sobre nossa vida e chegamos às nossas mães!   Nessa nossa vida de coordenador, sem tempo para nos dedicar a família, nossas mães já idosas vão ficando carentes. Minha amiga comentava que sua mãe nos últimos meses, havia lhe reclamado que estava muito calor e que não conseguia dormir.

        - Mamãe, só sobrar tempo vou comprar para senhora um ventilador! É que estou num curso de formação!...
        - Minha filha, quase não durmo de noite de tanto calor!...
        - Sei mamãe,  mas prometo da outra semana não vai passar,  lhe compro esse ventilador! Ou a sra. prefere um ar condicionado?
        - Não minha filha, ar não posso usar,  me doem todos os ossos!
        - Está certo então, vai ser o ventilador mesmo!

        E mesmo minha amiga prometendo comprar o tal ventilador,  sua mãe havia ligado todos os dias de curso, para relembrar que à noite não havia "pregado o olho" ou seja dormido. O motivo... o mesmo,   fazia muito calor.  Continuava "precisada"  demais do ventilador.

         Isso não é nada! Falou meu outro amigo. Preciso contar o que a minha mãe anda aprontando. Porque nessa idade, quem apronta não somos nós,  são nossos pais, é a hora da "vingança"...  deles...kkk!

          Então entre risos e no bom sentido... claro!  Sairam algumas histórias,  cada uma... mais engraçada que a outra...
          Minha mãe... tadinha... sofre de um transtorno  e dá muito trabalho quando está  eufórica...pra não dizer zangadinha... na última crise,  se recusava a tomar uma injeção. Depois de todos da família tentarem tudo, nada adiantava, ela piorava a cada dia, por falta do tal remédio!  Não tendo mais alternativas para convencê-la, resolvemos enfim acionar o  SAMU (Unidade de Saúde) por ordem do médico.  Ao ver a equipe médica, como por um milagre...  ela se transformou...  ficou lúcida!  Ofereceu até  cafezinho e quase quem termina internadas, fomos nós... as filhas! kkkkk! Depois de muita,  muita conversa, enfim... ela aceitou a injeção!

          E a minha...  outro dia procurava seu óculos... por todos os lugares. Parou perto de mim e perguntou:

            - Foi você quem pegou meu óculos?! Seu traquino!
            - Mamãe,  seu óculos está na sua cabeça!...
            - kkkkkkk...

            Sim,  mas e o ventilador?!... Você comprou ou não... para sua mãe?!  Lógico! Não podíamos deixar essa história sem final!

            - Comprei sim. Só que quando cheguei na casa dela, tinham mais quatro ventiladores!... Cada um dos meus irmãos comprou um! 
            - kkkkkkkk...

            E eu, deixa eu contar o sonho que tive... kkkk... com a minha mãe!... Ela apronta comigo até em sonho!...

         Bom, se vocês estiverem gostando do texto,  eu termino de contar a última história! kkkk!

                                                Bjokas no coração!

sábado, 11 de junho de 2011

DEBATE DE FILOSOFIA

          A Faculdade de Filosofia Diocesana São José - FADISI, encerrou na última 5ª feira,  sua primeira Semana de Filosofia com o Tema  Ética, e o lema: Ética é Justiça.  Centrada na justificativa de que os maiores problemas da humanidade é de ordem ética e  no pressuposto de que cada ser humano tem uma ligação direta com a axiologia, a casa do saber promoveu o debate sobre o significado intrínseco da Ética,  regado a música de alguns artistas da cidade.

       Docentes e discentes de várias  Faculdades de Filosofia e Pedagogia de Rio Branco, tiveram a oportunidade de dialogar  sobre  alguns temas clássicos da ética, relacionando-os aos problemas e as vivências regionais. O coordenador do evento Professor  Márcio Damião de Almeida destacou como importância do acontecimento a socialização dos embates axiológicos em uma linguagem mais acessível o que certamente poderá contribuir para a superação de preconceitos. Foram palestrantes os mestres e filósofos, dentre eles: Maria Ivanilda, Marcio Brandão, Ruscelino Aguiar, José Domingos, Antonio Meneses, Frei Carlos,   Guilherme Cunha e Coracy Sabóia. Entre os temas debatidos podem ser citados a  Ética de Santo Agostinho, Freudiana, do Acolhimento e a Ética Trágica Nietzschiana.

          A Ética Trágica tem como plano de fundo do acolhimento, a música. E nada mais, nada menos que o polêmico Bacharel em Filosofia,  Hermógenes Pereira, que com frequência está presente em  eventos intelectuais  da cidade, abriu oficialmente o evento na noite de quarta feira, com uma música igualmente polêmica, de Raul.  "Mamãe não quero ser prefeito... pode ser que eu seja eleito... alguém pode querer me assassinar... Eu já servi a Pátria Amada... Todo mundo cobra minha luz... Sou cowboy fora da lei... Não sou besta pra tirar onda de herói... Não quero ir de encontro ao azar."


Filósofo e músico Hermógenes Pereira -  Cowboy fora da lei....

         A música que toca nas chagas da sociedade, introduziu a fala do Mestre Guilherme Cunha que parafraseando na ética trágica de Nietzsche enfatizou: " A ética do acolhimento convive conforme a demanda de todas as possibilidades. Não queremos aceitar a condição do acaso. Mas, o acaso não avisa. Ele vem, não escolhe credo, nem classe. Devemos aceitar, não podemos fugir disso. Passamos a vida fugindo da morte, no entanto ela chega para todos. A ética mais antiga é a do caminho. A beleza do olhar, destaca a gratuidade do ser. Não existe um só caminho. A vida pode se manifestar de várias formas. O diferente,  é por acaso. Precisamos reorganizar valores".


Mestre Guilherme Cunha / " Existem vários caminhos
e várias formas de caminhar...
    



Bate papo entre filósofos no final da noite
           O banquete ético-existencial das discussões entre  a comunidade acadêmica e convidados promete novas retomadas de consciência e melhor convívio social com os diferentes de forma respeitosa.
                                                                                                                       Bjokas no coração!

domingo, 5 de junho de 2011

O dia a dia... de Maze Oliver.

          Este post se deve a sugestão do blog de minha amiga NANA...  Postar com várias fotos do nosso dia a dia. Como o mundo virtual é um pouco, digamos  impessoal, então esta postagem é para que possamos nos conhecer um pouco mais. Deixar de ser a Maze Oliver do computador...  e  me expor um pouco,  para meus amigos blogueiros! E interneteiros!... Existe esta palavra?!...  Se não existia  ainda... agora existe! kkk!


         Bem, sou uma pessoa que trabalha muito... Sou pedagoga e  pela manhã  me dedico a minha escola, onde atuo como coordenadora pedagógica, sendo responsável com os professores pela aprendizagem de todos os alunos do 1º turno (nove turmas). Passo a maioria do meu tempo acompanhando o desenvolvimento de  projetos, sequência didáticas e  atividades  dos alunos.  Para isso,  preciso fazer reuniões, preparar formações, planejar com os professores, providenciar as atividades impressas,  assistir as aulas,  fazer relatórios e fotografar. Não é brincadeira não! Só de lembrar já fico cansada!...kkkk!  Porém... não se enganem,  amo meu trabalho!

        Como vivo correndo contra o tempo... minha casa tem muitos relógios. Isso graças também,  ao maluco beleza do meu marido que adora comprar  relógios... Às vezes acho que eles me perseguem pela casa...kkk! Quando a pilha vai ficando fraca... nossa é um atrapalho. Nunca sabemos que horas são! Não é louco isso?!


        Á tarde,  pesquiso ou estudo,  para aprimorar meu trabalho e ainda faço, em dias alternados:  compras, acompanho minha mãe (que é uma senhora idosa e  doente), frequento cursos complementares, ajudo ou  resolvo probleminhas familiares e ainda me cuido.

        Quando me sobra um tempinho livre...  Estou na internet, claro!  Minha companheira...  Meus filhos dizem que já estou viciada! Será!?...  Meu blog é minha primeira página! Mas não a uso só para isso. Visito sites de Pedagogia, de notícias, leio artigos de Psicologia etc, etc... Tenho Orkut, Face, Twitter,  faço parte do Cine Dicas. Etc.. O que fazer?!  São tantas as opções!

         Mas ainda sou uma blogueira iniciante, não tenho nenhum curso de web designer e tenho ainda muitas dificuldades. Sinto que estou aprendendo muito. Por isso quando eu não comentar, visitar,  ou corresponder a algum pedido,  não pensem que é antipatia! É falta de tempo... ou...  não consegui fazer...  Mesmo!... Amo cada seguidor... cada comentário que chega ao meu blog. Nesse ponto,  sou uma blogueira  MALA  e assumida...! Por todos esses motivos às vezes passo semanas sem postar. Mas... não vou deixar que  me esqueçam! Sou uma fadinha... ou bruxinha do bem! Como queiram!

                   Mas também gosto de novelas, quando trata de bons temas, assisto! O que gosto mesmo é de ver a vida real alí representada na telinha! Assisto de forma curiosa! Por exemplo, agoro acompanho a novela das oito da Globo. Estou ansiosa para saber como será explicado o comportamento do antagonista (Leonardo): Ele é um psicopata? Ou apenas um mau carater? Mas enfim... no geral gosto de  todos os tipos de Arte!

                  À noite, pego de vez em quando um cineminha na TV pela EMBRATEL, na Rede Telecine: Filmes históricos, de psicologia, etc.  A essência do ser humano me fascina e me deixa extremamente curiosa. É neste cantinho aí abaixo, que pego meu cineminha.

enfim o repouso...


         Mas o que quero com isso tudo?!             Fazer muitos amigos e ser muito feliz,  a cada minuto da minha vida, compartilhando bons momentos com vocês da net,  meus outros amigos,   com minha família,  com meu amado e companheiro de muitos anos de casamento,  entre "tapas e beijos"... No bom sentido... mais beijos...  que tapas...kkkk!   felizmente!...

             Agora que o tempo passou...podemos dizer que criamos nossos filhos e todos são pessoas de bem! Ufa! Que batalha!... kkkk! Por isso, sou muito feliz! E tudo que faço tem muito amor!

            E não posso esquecer, muito obrigada pelos votos!... Os meus... E os votos da Lindalva!... kkkk! E continuem participando, a COPA BLOG continua. É uma forma de interagir, trocar conhecimentos e se relacionar! E aí vão aderir a proposta da NANA... ou não?!
                                                                           Bjokas no coração!