sábado, 21 de maio de 2011

COMO RECONHECER UM PSICOPATA!

          Escorpiões, camaleões e sanguesugas!

          Os Psicopatas estão por ai, às vezes mais próximos do que imaginamos. São pessoas perigosas e não muito fáceis de identificar. Fazem qualquer coisa para conseguir seus intentos. São maquiavélicos, inteligentíssimos, falsários, manipuladores e dissimulados. Precisamos estar atentos, pois eles podem estar bem aqui do nosso ladinho! Aqui vai algumas dicas para identificar nosso "amigo escorpião"...

          Quando falo "escorpião" é no sentido de sua natureza má e traiçoeira! Ele não terá misericórdia, pois sua índole é pérfida! São insensíveis e não sentem culpa por nada. Eles possuem uma deficiência no campo das emoções! Quando choram ou estão fingindo ou frustrados! Não amam ninguém, quando demostram afeto ou ciúme é pura  falsidade ou possessividade! Não se apaixonam, não ficam tristes, não se emocionam.

          Algumas pessoas acham que todos matam, saem nos jornais, etc, etc... Porém existem três tipos: os leves, moderados e graves. Podemos perfeitamente conviver com um tipo leve e não reconhecê-lo. Não se iluda,  os três tipos são altamente perigosos e calculistas, capazes de detonar com a sua vida! Entre eles estão os falsários, estelionatários, falsos religiosos,  empresários ou  políticos inescrupulosos, ou aquele seu amigo(a), ou parente bem próximo que você acha inofensivo!

         Para reconhecê- los devemos observar as atitudes, nunca confiar nas aparências, pois como já disse: dissimulam. Se fingem de bonzinho, amável, sociável.  Rapidamente ficam  íntimo (quando interessa), com intuito de descobrir pontos fracos para atacarem quando lhes convier.

         Estão sempre culpando os outros por suas próprias falhas. Não admitem  seus erros, são sempre vítimas! Se necessário, se fazem de coitadinhos! Pobres sofredores! Do sistema... da família...dos amigos... dos inimigos, etc. Quando conviver com alguém com esse tipo de conversa, muito cuidado! Os psicopatas sempre inventam  uma boa história para contar, comover ou  impressionar. As pessoas de bom coração são  seu alvo preferido!

          Devemos observar como tratam a  família, pois esse tipo não considera ninguém! Se for necessário usa qualquer um de sua prole, até mesmos seus filhos,  em seu próprio benefício! As pessoas são meros  objetos e quando não lhes servem mais, as descartam como se fossem lixo! Mesma que seja a própria mãe!

          Os psicopatas apresentam alterações de comportamento já na infância,  é quando surgem o festival de  mentiras,  trapaças, furtos,  tratamento cruel  com animais, com  coleguinhas, praticam bullying  e nunca demonstram arrependimento. Quando adultos aprendem a disfarçar e dissimular sua verdadeira personalidade insensível. Não por sentirem medo,  pois um psicopata nunca sente medo, mas para  aproveitar melhor as situações. É aí que tornam-se mais perigosos. São indiferentes, frios. Podem atropelar tudo e todos sem a mínima culpa ou pena! Essas alterações vão permanecer por toda  sua vida.

          Ouça o que eles falam, muitas vezes soltam sem querer algum  tipo de "veneno", com frases do tipo: "Não tô nem aí, fulano que se lixe!  Quem manda ser trouxa!" Por isso, "ouça!" pois temos uma boca para falar e dois ouvidos para ouvir. Depois compare  e observe as atitudes. É sempre mais prudente!

          São pessoas altamente sedutoras, com conversas divertidas e agradáveis, são hábeis em manipular, se mostram superiores em suas falas, porém qualquer sinal de perigo que possa estragar seus planos, disfarçam e com frieza mudam o curso da conversa ou da ação,  para  enganar e não deixar pistas. São verdadeiros camaleões no disfarce!

            Só mais algumas dicas, não cumprem regras sociais, as consideram como simples obstáculos que precisam ultrapassar. Gostam de dinheiro, mas não gostam de trabalhar. Fazem de tudo para sua autosatisfação e se puderem vivem as custas do suor dos outros. São verdadeiras sanguesugas!

          Agem sempre em seu próprio benefício, são egoistas, mentirosos, irresponsáveis  e vingativos. Quando frustrados tornam-se agressivos ou até mesmo violentos. Existem em qualquer raça ou meio social. Representam um  percentual pequeno da população,  porém são responsáveis por muitos males da sociedade, devido seu potencial para manipular pessoas frágeis,  gerando efeito multiplicador  nas suas ações negativas. Lideram pessoas,  grupos pequenos ou grandes: amigos, família, setor de trabalho, instituição, empresas,  igrejas, partidos políticos, facções, etc.

         Não esqueça!  Fazem parte do mundo e não podemos ignorá-los. Conseguiu identificar alguém?! Então já sabe, fique esperto! E  bem longe...

         A Ciência ainda não tem um consenso sobre as causas da Psicopatia. Existem várias teorias sobre o assunto. Fatores genéticos? Sociais? Psicológicos? O que importa mesmo é sabermos que são seres incapazes de estabelecer vínculos verdadeiros de afeto. São monstros disfarçados de cordeiros! E por isso mesmo,  todo cuidado é pouco!


        Se você se interessou por esse assunto,  indico a leitura de  Mentes Perigosas, O psicopata mora ao lado, da autora Ana Beatriz B. Silva, mais de 400 mil livros vendidos. Boa leitura!
                                                            
Bjokas no coração!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

O Menininho

Uma manhã quando o menininho estava na escola, a professora disse:
- Hoje nós iremos fazer um desenho. Vai ser muito legal!

- Que bom! pensou o menininho. Ele gostava muito de desenhar!
Ele podia fazer desenhos de todos os tipos: carros, meninos, bichos, casas, aviões e barcos. Pegou sua caixa de lápis colorido  e começou a desenhar. Mas a professora disse:
- Esperem um pouco,  vou falar a  hora de começar!
E ela esperou que todos estivessem prontos.

Aula de Artes Visuais
 - Agora! Disse a professora - Nós iremos desenhar flores.
- Que bom!  - Pensou o menininho. Ele gostava de desenhar flores. E começou a desenhar flores de todas as cores: amarela, rosa e azul. Mas a professora disse:
- Esperem vou mostrar como  devem fazer.

E a flor era vermelha,  com caule verde.
E todos desenharam uma flor vermelha com o caule verde!

Num outro dia, quando o menininho estava em aula, ao ar livre, a professora disse:
- Hoje vamos fazer alguma coisa com barro.
- Que bom! - Pensou o menininho. Ele gostava de fazer muitas coisas com barro.

E ele pensou em fazer todos os tipos de coisas: patos, cachorros, carrinhos, ônibus;
e começou a amassar uma bola de barro.
- Esperem! Ainda não é hora de começar... E ele esperou...

Agora ! Disse a professora, nós iremos fazer um prato.
 - Que bom! Pensou o menininho. Ele gostava de fazer pratos de todas as formas e tamanhos.
A professora disse: - Esperem vou mostrar como se faz. E ela mostrou como se faz um prato.
Assim, agora vocês podem fazer!

O menino olhou para seu prato e para o da professora, e gostou mais do seu. Mas não podia falar. Então amassou seu prato e fez outro igual ao da professora. E muito cedo aprendeu a não fazer mais nada por si próprio.

 Adaptado do  texto O MENININHO - De Helen  Buckley

* Apesar de muitos professores ou escolas valorizarem muito mais as aulas de Língua Portuguesa e Matemática em detrimento de outras disciplinas,  as aulas de Arte  formam identidade e autonomia quando trabalham com a livre expressão do aluno. O texto acima nos mostra o que a escola pode fazer com o potencial criador de uma criança!
* Atenção: a foto é apenas ilustração! Portanto,  não trazuz ao que se refere o texto.

                                                                                               Bjokas no coração!
-

domingo, 1 de maio de 2011

A TRAVESSIA DA BALSA EM RONDÔNIA!

          Nas minhas últimas andanças, fui à Rondônia, estado vizinho. Fazia alguns anos que não ia por lá. A capital cresceu bastante. A construção das hidrelétricas trouxe milhares de outras pessoas para a cidade. Novos costumes e outras culturas se adaptam ainda à cultura do lugar. Há quem diga que aumentou a criminalidade e a rede de prostituição na periferia. Um shopping maravilhoso foi construído para deleite da elite rondoniense. Mas, o que pretendo falar mesmo é que tudo muda, bem ou mau,  menos a travessia no Rio Madeira.


BALSA

Travessia da balsa

        O Nosso país já deu mostra de que quando se quer é possível. Prova disso é a ponte Rio Niterói, se não me engano, são 14 quilômetros de ponte, construída sobre o mar. Por que será que na travessia do Rio Madeira, conhecida como famosa travessia da balsa, não constroem uma ponte?!  Gasta-se muitas vezes de três a quatro horas esperando na fila,  para poder passar de um lado a outro do rio! Não é possível que num país  como o nosso,  ninguém ainda não percebeu que é preciso fazer uma ponte alí?  Com certeza o dono da balsa pode fazer seus investimentos em outro setor!



 
Aguardando a vez para a travessia

 
 Na verdade,  é até romântico olhar o rio ao atravessar no grande barco. A lentidão da travessia e o esplendor da mata em volta,  enche os olhos dos turistas e a memória de suas máquinas fotográficas. No entanto, para nós brasileiros é enfadonho e cansativo. Para o turismo,  basta ser construído na área um pequeno hotel ou  um bom restaurante e alguns barcos menores para passeio! Quais são os interesses para não construção da ponte? Alguém pode me explicar? Na construção das hidrelétricas de Rondônia,  mesmo o movimento social sendo contra, ela está lá,  sendo construída a todo vapor. Regada a brindes! Independente da advertência dos  ambientalistas  para o perigo da  formação dos espelhos d'água, que podem resultar em futuros desastres ambientais na nossa região.
       

Quando virem os tornados ou as avalanches... não digam que não foram avisados! Eles não escolherão classe social. A natureza é imparcial!


Oh! Dilma se não dá mais para socorrer o meio ambiente, socorre aí os caminhoneiros, vai!

 Dia 1º de Maio - Parabéns  aos trabalhadores brasileiros que trabalham de sol a sol para sustentar este país!